DEIXE SEU RECADO PARA O EDITOR

segunda-feira, 23 de junho de 2014

APRENDA A ADMINISTRAR MELHOR SEU TEMPO

Dicas para administrar o tempo

É comum para grande parte dos jovens o acúmulo de atividades no cotidiano. Muitos, além de estudar, começam a trabalhar desde cedo. Essa escolha pode trazer conseqüências positivas e negativas, vistas a longo prazo ou em um curto espaço de tempo.

Um dos principais problemas é o baixo rendimento, seja nos estudos, ou no trabalho. Isso se explica pela pressão e responsabilidade atribuídas em ambos os casos sobre o jovem em questão. As dificuldades, no entanto, podem ser minimizadas com a organização diária de tarefas a serem desenvolvidas. O fato de enfrentar cada vez mais cedo uma rotina tumultuada também diminui, posteriormente, os impactos do ingresso formal no mercado de trabalho.

A ABRH-RS lista a seguir algumas dicas que podem ajudar os estudantes a aproveitar a experiência dupla sem grandes transtornos:

1.         Organize uma agenda semanal e desmembre-a em tarefas diárias. 

2.         Defina suas prioridades em demandas mais urgentes e as menos importantes.

3.         Construa seus horários de maneira correta, deixando sempre algum tempo livre para descansar.

4.         Pense em suas metas e objetivos pessoais.

5.         Priorize um bom período de sono. Não adianta dormir tarde todos os dias para fazer algo inviável anteriormente pela falta de tempo.

6.         Evite ficar muito tempo nos mesmos lugares. Permanecer várias horas em sequência no computador, por exemplo, aumenta o estresse e diminui a criatividade.

7.         Procure se manter afastado (a) de pessoas que desviam a sua atenção.

FONTE

segunda-feira, 16 de junho de 2014

CRIAÇÃO E EVOLUÇÃO O QUE VC SABE?

"O que diz a Bíblia sobre a criação versus evolução?"

Este artigo não se propõe a apresentar um argumento científico no debate entre criação e evolução. Se você estiver procurando por argumentos científicos a favor da Criação e/ou contra a evolução, recomendamos “Answers in Genesis”:http://www.answersingenesis.orge o “Institute for Creation Research:http://www.icr.org(ambos disponíveis em inglês). O propósito deste artigo é explicar, de acordo com a Bíblia, por que existe o debate “criação versus evolução”. Romanos 1:25 declara: “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.”

DESCOBERTA - VOCÊ SABE O QUE DOS MANUSCRITOS DO MAR MORTO

Os manuscritos do mar morto
Alderi Souza de Matos


No sentido genérico, denominam-se pergaminhos do Mar Morto os rolos e fragmentos que foram descobertos entre 1947 e 1960 em sete locais ao longo da margem noroeste do Mar Morto, na Palestina. Os mais importantes desses manuscritos são os que foram encontrados em onze cavernas na localidade de Qumran. Os textos das cavernas 1 a 3 e 5 a 10 foram publicados em sua totalidade há muitos anos, assim como a maior parte daqueles achados na caverna 11.

Todavia, grande parte do material da caverna 4 levou muitas décadas para vir a público (a publicação só foi concluída recentemente). Essa caverna, a mais importante de todas, não continha pergaminhos completos, e sim um amontoado de aproximadamente 15.000 fragmentos que têm se constituído em um gigantesco quebra-cabeça para os estudiosos.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

OS PURITANOS E O CULTO DOMINICAL


O Dia do Senhor e o Culto Reformado

por Ian Hamilton


Até algum tempo atrás, uma das marcas distintivas do culto reformado era o seu compromisso com a santificação do Dia do Senhor como o tempo divinamente prescrito para que o povo da aliança de Deus adorasse esse Deus da aliança.

Esta perspectiva puritana possivelmente está melhor demonstrada na Confissão de Fé de Westminster:

“Como é lei da natureza que, em geral, uma devida proporção de tempo seja destinada ao culto de Deus, assim  também, em sua Palavra, por um preceito positivo, moral e perpétuo, preceito que obriga a todos os homens, em todas as épocas, Deus designou particularmente um dia em sete para ser um sábado (= descanso) santificado por ele; desde o princípio do mundo, até a ressurreição de Cristo, esse dia foi o último da semana; e desde a ressurreição de Cristo, foi mudada para o primeiro dia da semana, dia que na Escritura é chamado dia do Senhor (= domingo), e que há de continuar até ao fim do mundo como o sábado cristão”.

OS PURITANOS E O SEXO

O Propósito do Sexo no CasamentoLeland Kyken

Os Puritanos também tinham uma teoria totalmente desenvolvida sobre os propósitos do sexo e do casamento. O contexto mais amplo em que devemos colocar seus comentários é a tradição protestante unificada que incluía tanto anglicanos como Puritanos. Enquanto autores individuais podem modificar o esquema, a estrutura geral era uma finalidade tríplice para o casamento, ou seja, procriação, um remédio contra o pecado sexual e uma sociedade mútua.

A contribuição distintiva dos Puritanos dentro desta estrutura foi mudar a ênfase primária da procriação para o companheirismo.

OS PURITANOS E A PREGAÇÃO


A Importância da Pregação
 
 Por Joel Beeke


João Calvino frequentemente instruiu sua congregação sobre ouvir corretamente a palavra de Deus. Ele os ensinava como deveriam vir para o culto público e como ouvir a palavra de Deus pregada. Calvino desejava que pais e filhos assimilassem a importância da pregação para desejar a pregação como uma benção suprema e participar ativamente no sermão. Calvino dizia que os ouvintes deviam ter “a prontidão para obedecer completamente e sem reservas”.1

Calvino acentuava o ouvir da palavra pregada por duas importantes razões. Primeiro, ele acreditava que poucas pessoas ouviam bem os sermões. Mais de trinta vezes em seus comentários e nove vezes em suas Institutas, Calvino referiu-se a quão poucas pessoas recebem a palavra pregada com fé salvífica. Ele disse: “Se o mesmo sermão for pregado, digamos, a cem pessoas, vinte o recebem com pronta obediência de fé, enquanto o restante o julga sem valor, ou ri, ou vaia ou o aborrece”.2 Se ouvir apropriadamente era um problema nos dias de Calvino, quanto mais o é hoje, quando os ministros têm que competir pela atenção de pessoas que são diariamente bombardeadas de várias formas pela mídia?