DEIXE SEU RECADO PARA O EDITOR

quinta-feira, 5 de abril de 2012

ORATÓRIA2


Como falar bem em público

Luís Colombini

O professor Reinaldo Polito, um dos maiores especialistas brasileiros em comunicação verbal, ensina como vencer o medo e conseguir uma comunicação eficiente com qualquer platéia.

Poucas coisas são mais fáceis na teoria e difíceis na prática do que falar bem em público. Fáceis porque, a menos que você more numa caverna, as pessoas, de maneira geral, falam em público o tempo todo - com os amigos, os colegas, a família e por aí afora. Difícil porque basta dar um aspecto mais formal àquilo que você já faz o tempo todo - como expor idéias numa reunião ou apresentar um projeto a todo o departamento da empresa - para a garganta secar e as pernas tremerem. E o problema é que isso ocorre justamente na hora mais importante, exatamente naquela em que você precisa falar com calma, segurança e brilho.

ORATÓRIA



          7 dicas para falar bem em público

Resumo
Para vender uma idéia não basta que ela seja boa. É preciso saber qual é o melhor modo de apresentá-la e convencer o seu interlocutor. Veja essas dicas sobre oratória com o aval e a experiência de comunicadores de sucesso do mundo dos negócios.  

EPÍSTOLAS


Romanos e o Evangelho Paulino


Romanos foi a última carta escrita por Paulo, antes de seu prolongado período de detenção, primeiro em Cesaréia, depois em Roma. Portanto, é posterior às suas cartas aos Tessalonicenses, aos Coríntios e aos Gálatas (e provavelmente aos Filipenses). É anterior às cartas aos Colossenses e aos Efésios (para não falar das epístolas pastorais). A esta conclusão se pode chegar, não somente graças às evidências externas e às indicações cronológicas acidentais presentes nas epístolas, mas também pelo estudo do assunto de que tratam.

evangelhos


Que é um evangelho?


Como já foi indicado acima, os evangelhos têm importância fundamental como fonte de conhecimento sobre o nascimento, ministério, morte e ressurreição do nosso Senhor Jesus. O estudioso católico do NT Alfred Wikenhauser escreve na sua Introdução ao NT: “Os evangelhos são os livros mais importantes do NT. A eles devemos quase que exclusivamente tudo que sabemos sobre Jesus Cristo, sobre a sua vida e ministério, sofrimento e morte.”