DEIXE SEU RECADO PARA O EDITOR

quarta-feira, 27 de março de 2013

o cristão e a doença


A Enfermidade na Vida do Crente




A Enfermidade na Vida do Crente


Leitura Bíblica Em Classe: Isaías 38.1-8

Texto de Ouro: “O Senhor o assista no leito da enfermidade: na doença, tu lhe afofas a cama.” Sl 41.3 (ARA)


1 - Há diferença entre doença e enfermidade?

·                     Doença - do latim dolentia (de dolens) = padecimento. No grego a palavra correspondente é algos (algema), que nos legou a palavra algia – dor.  A medicina e outras ciências da saúde designam como um distúrbio das funções de um órgão, da psique(alma) ou do organismo como um todo que está associado a sintomas específicos. Pode ser causada por fatores externos, como outros organismos (infecção), ou por disfunções ou más funções internas, como as doenças autoimunes [1]
·                     Enfermidade – do latim infimita (de infirmitatis) = fraqueza, debilidade, incapacidade de realizar algo habitual devido a uma deficiência. Tem correspondente no grego,asthemia = mais propriamente a designação de fraqueza muscular. [1]
·                     Doente é aquele que sente dor, que sofre. Enfermo, é aquele que está debilitado, deficiente, enfraquecido.

2 - Expressões hebraicas e gregas que ajudam a compreender melhor os termos DOENÇA e ENFERMIDADE na Bíblia [2]:

·                      madveh (hb) – doença, enfermidade ( Dt 7.15);
·                      tachalu’ (hb) – doenças ( Dt 29.22);
·                     machaleh (hb) – doença, enfermidade ( I Rs 8.37; Pv 18.14; II Cr 6.28); 
·                     choliy(hb) – doença ( I Rs 17.17; II Rs1.2; II Cr 16.12; Sl 41.3); 
·                     daveh(hb) – fraco, indisposto; menstruada (mulher) -  ( Lv 20.18);
·                     d’evay(hb) – doença, indisposição (Sl 41.3);
·                     davvay(hb) – desfalecimento (de coração), doença na alma ( Is 1.5);
·                     nosos (gr) – doença, enfermidade (Mt 4.23;8.17;9.35;10.1);
·                     nosema (gr) – doença, enfermidade (Jo 5.4);
·                     malakia (gr) – fragilidade, debilidade, fraqueza no corpo, enfermidade (Mt 4.23);
·                     astheneia (gr) – falta de força, fraqueza, debilidade (Mt 8.17);
·                     astheneo (gr) – sem força, sem energia (Mt 10.8);
·                     arrhostos (gr) – sem força, fraco, doente (Mt 14.14);
·                     kakos (gr) – miserável; estar doente (Mc 6.55);   
·                     mastix (gr) – calamidade, flagelo, praga (Mc 3.10); 
·                     sunecho (gr) – estar sofrendo de (Lc 4.38); 
·                     kamno (gr) – estar doente (Tg 5.15).

3 - Há quem diga que toda doença e enfermidade  é fruto exclusivo do pecado. Os discípulos de Jesus pensavam assim, mas Ele refutou tal pensamento (Jo 9.2,3). Há fatos inegáveis nas Escrituras sobre as doenças e as enfermidades:

·                     Depois da queda, todos estão sujeitos a contraírem doenças e enfermidades (Gn 3.19; Rm 6.23);
·                     Há enfermidades que são de origem maligna (Lc 13.10-17; Mc 9.17), mas há outras que não; há enfermidades oriundas de pecados e há as que não são (I Co 11.29,30; Jo 9.2,3);
·                     O envelhecimento é como uma enfermidade, pois degenera o nosso corpo gradativamente até a morte (I Co 15.53-56), por isso é que esperamos a redenção do nosso corpo (Rm 8.22,23).

4 - Homens de Deus piedosos sofreram dores e experimentaram enfermidades:


·                     O patriarca Jó, que o próprio Deus deu o testemunho dele, foi alvo de doenças (Jó 1.8; 2.7);
·                      O profeta Elizeu, sofreu enfermidade que o levou a morte (II Rs 13.14). Se essa morte fosse proveniente de pecados, como os seu ossos ressuscitaria um cadáver no futuro? (II Rs 13.20,21);
·                     O rei Ezequias adoeceu e esteve à beira da morte (II Rs 20.10);
·                      O apóstolo Paulo confessou aos cristãos da Galácia acerca de uma enfermidade que o levou a pregar o Evangelho (Gl 4.13);
·                      Por que o mesmo Paulo não orou por Timóteo (seu filho na fé), mas recomendou-lhe que tomasse um pouco de vinho (que tem fins terapêuticos), para que aliviasse suas dores no seu estômago? (I Tm 5.23); Paulo também deixou Trófimo enfermo em Mileto (II Tm 4.20), Epafrodito esteve Doente e quase morreu (Fl 2.25-30).

[1] Wikipédia
[2] Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil (Libronix).

Sola Scripitura!
Pr. Dário José

Nenhum comentário:

Postar um comentário