DEIXE SEU RECADO PARA O EDITOR

terça-feira, 17 de julho de 2012

beber água


Emagreça bebendo água

Ela faz toda a diferença na hora de eliminar os quilos indesejáveis e não pode faltar em nenhuma dieta

Publicado em 29/10/2008
Glau Gasparetto

Além de melhorar o funcionamento dos órgãos, beber água deixa a pele mais bonita.Não há um bendito programa de emagrecimento que dispense a recomendação, inclusive de médicos: beber muita água. Mas, afinal de contas, por que ela é tão importante para dar fim às gorduras que insistem em incomodar? Vamos por partes:

1. Quando começamos um regime, o intestino nem sempre funciona como deveria, por causa da mudança no hábito alimentar — você, por exemplo, come menos gordura, certo? Também é aconselhável aumentarmos o consumo de fibras para que o órgão fique 100%. "Se, paralelamente, ingerirmos mais água, auxiliamos a movimentação do bolo fecal e evitamos a constipação", assinala a nutricionista Camila Duran, de São Paulo.

2. Bebendo água ainda garantimos o funcionamento perfeito dos rins e da bexiga, responsáveis pela eliminação das toxinas geradas no emagrecimento.

3. Nosso estômago é capaz de dilatar até o volume de quase dois litros. "Se ingerirmos bastante líquido no dia, conseguimos mantê-lo relativamente preenchido", afirma a endocrinologista Alessandra Rascovski, também de São Paulo. Isso significa maior saciedade e menor comida ingerida. E tem muito mais...

Afinal, será verdade que...

... tomar água nas refeições faz mal?
Segundo a endocrinologista, podemos ingerir até 300 ml durante o almoço ou o jantar, sem comprometer a digestão. "O maior problema de tomar muito líquido nessas horas é fazer o estômago ficar cada vez mais dilatado. Conseqüentemente, quando bate a fome, é preciso ingerir mais alimento para 'preencher' o estômago", explica Alessandra. Isso sem contar que a prática pode acarretar gases e flatulência e até causar indigestão, já que dificulta a ação do suco gástrico, que é responsável pela digestão dos alimentos no órgão.

... água morna em jejum faz perder peso?
A nutricionista Camila afirma que não existe qualquer estudo científico que comprove essa teoria. "O que se sabe é que realmente ela pode ajudar no funcionamento intestinal", comenta.

Um santo remédio!!!

Está pensando que a água traz poucos benefícios para o corpo? Que nada! Na verdade, você nem desconfia do que ela é capaz... Sua intervenção envolve desde o melhor funcionamento de órgãos até o reflexo direto na pele, como contam as especialistas Alessandra e Camila, ambas da Clínica Pedrinola & Rascovski:

· A água auxilia na digestão, na absorção e no transporte de nutrientes
· Serve como meio para vários processos químicos
· Ajuda a manter a temperatura do corpo estável
· É importante para a formação de todos os tecidos
· É a base para o sangue e todas as secreções líquidas (lágrimas, saliva, suor...) que lubrificam os órgãos e as articulações
· É o melhor hidratante que existe para a pele, deixando-a macia e elástica.

Quanto beber?

Adultos devem consumir 0,035 litro (35 ml) de água por quilo de peso, enquanto as crianças, em média 0,055 litro (55 ml) por quilo de peso. Por exemplo, uma mulher de 60 kg deve consumir 2,1 litros de água durante o dia, enquanto uma garota de 28 kg precisa ingerir pouco mais de 1,5 litro.

Faça a coisa certa

Existe uma quantia certa para consumo de água. Mas isso não significa beber tudo de uma vez só. "O ideal é ingerir ao longo do dia. Não vale tomar 1 litro ao acordar ou logo depois de praticar exercícios. Tome aos poucos e continuamente, algo como oito copos de 250 ml durante o dia, sendo três pela manhã, quatro no período da tarde e um à noite", exemplifica Alessandra. Nessa conta, melhor não beber muito líquido antes de dormir, para que as idas ao banheiro não atrapalhem o sempre importante sono. Falando em excesso, é melhor ficar de olho, já que isso pode sobrecarregar os rins e atrapalhar o funcionamento do órgão, causando dores renais. "O rim filtra o sangue e retira dele o excesso de toxinas e líquidos. Se há um volume exagerado de líquido, ele tem de trabalhar muito para filtrar", explica Camila. Para saber se seu consumo está ok, fique de olho na cor da urina. É que os rins costumam liberar um líquido mais concentrado, de tom amarelo acentuado, denunciando que está tentando compensar a falta de água no organismo.

Frutas e chás, sim! Refrigerante, não!

Além do líquido propriamente dito, vale consumir alimentos ricos em água, caso da maioria das frutas. Chás são ótimos na função, sobretudo o verde, nada calórico e rico em antioxidantes, os quais previnem o envelhecimento precoce e afastam o risco de câncer.

Há ainda os sucos, mas que devem ser consumidos com moderação por causa das calorias. Assim, prefira os de limão, maracujá ou abacaxi com hortelã, hidratantes por natureza e capazes de combater a retenção de líquidos. Também nada de pensar que os refrigerantes valem por água. Eles têm corantes, conservantes e sódio (este último retém líquido e favorece o inchaço) e muitas calorias, é claro! Nem as tais águas gaseificadas são indicadas. "Na verdade, são refrigerantes com menos gás e pouco ou nenhum corante, mas têm as mesmas características que o original", adverte a endocrinologista.

Essencial para a vida

Difícil imaginar como é ficar sem água. A verdade é que isso é impossível. Substância mais abundante do corpo, apesar de não conter nenhuma caloria ou nutriente, é essencial para o organismo. Tanto que a perda de 20% desse líquido corpóreo pode levar à morte. Numa situação-limite, beber água é mais importante do que se alimentar. Enquanto o corpo passa várias semanas sem alimento, não é capaz de agüentar mais que cinco dias sem hidratação.


fonte:


Nenhum comentário:

Postar um comentário