DEIXE SEU RECADO PARA O EDITOR

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

EXAMES DO CORAÇÃO:DIFERENÇA ENTRE ECG E ECO.... VOCÊ SABE?




Veja diferenças entre eletro, ecocardiograma e ressonância magnética
Conheça quais são as principais indicações para cada método de diagnóstico

Você sabe a diferença entre alguns dos exames de diagnóstico do coração? Entenda em que casos são utilizados os procedimentos de eletrocardiograma (esforço e repouso), ecocardiograma, tomografia computadorizada e ressonância magnética.


Eletrocardiograma de repouso
É um dos exames mais realizados, por ser barato, rápido e fácil de fazer. Segundo o cardiologista Guenther von Eye, o eletrocardiograma de repouso é útil para o controle evolutivo de uma doença cardíaca já confirmada por outros métodos de diagnóstico anteriores.

Eletrocardiograma de esforço
O eletrocardiógrafo precisa ser acompanhado de outro aparelho de exercício aeróbico (esteira ou bicicleta ergométrica). Serve para avaliar o coração sob condições de estresse. Se eletrocardiograma de repouso for normal e o quadro do paciente indicar uma doença docoração, o exame de esforço pode mostrar alterações não reveladas no de repouso.

Outra indicação comum para o exame é determinar o prognóstico de doença coronária conhecida, inclusive nos infartados em recuperação, com o objetivo de detectar os pacientes de risco e avaliar a respostas ao tratamento. Segundo o cardiologista Bruno Caramelli, os eletrocardiogramas proporcionam informações sobre o funcionamento elétrico do coração.

Ecocardiograma
"É um exame que nos dá informações sobre a anatomia ou morfologia do coração", explica Bruno. Ele permite avaliar as medidas e a mobilidade das paredes das diferentes cavidades do coração, as válvulas cardíacas e sua capacidade funcional, o fluxo do sangue e a direção desse fluxo. "Revela ainda anomalias congênitas ou adquiridas do coração. Analisa o pericárdio (membrana que envolve o órgão), indicando a presença ou não de derrames", relata Guenther.

Tomografia computadorizada
É um exame mais caro, mas que pode oferecer boas imagens do coração e detalhes de suas partes. O procedimento é feito com a injeção de contraste na veia e, na sequência, são realizadas tomografias. No computador, as imagens são fundidas fornecendo aos médicos dados anatômicos bastante precisos. É usada também para a avaliação da aorta, massas como coágulos ou tumores, ou doenças do pericárdio.
Ressonância magnética
Também é um exame mais sofisticado, indicado para diagnóstico de doenças consideradas crônicas. O computador gera imagens que permitem uma boa observação do miocárdio (músculo do coração), identificar zonas lesadas por um infarto, mostrar defeitos congênitos e avaliar os vasos de maior calibre como a aorta.

O exame é particularmente útil para diagnosticar doenças da aorta, do pericárdio, congênitas, doenças do músculo cardíaco, tumores cardíacos ou do pulmão que tenham invadido o coração.

Fonte



MAIS INFORMAÇÕES

baixar artigo


mais detalhes



Nenhum comentário:

Postar um comentário